25.2.2015

Me apresento às bundas, converso com os corações e me apaixono pelos intestinos...

 

21.2.2015

Estávamos, compositores e instrumentistas, confinados numa ilha mórbida, repleta de calabouços alagados, labirintos escuros e armadilhas mortais. Alguns procuravam por suas famílias, também desaparecidas, outros se preocupavam apenas em sobreviver. O mandante deste abs...

10.2.2015

Deus é um bêbado que corre nu! – o silêncio imperou na sala lotada. Por mais respeitado que fosse o homem, uma afirmação daquelas, partindo assim de um honroso pastor, parecia algo impensado. A poesia estaria evidente não fosse o fato da abstenção do álcool pelos evang...

21.1.2015

De novembro pra cá foram 35 apresentações esgotadas do musical As canções de Odair José em São Paulo, praticamente três meses morando em Sampa seca do ar condicionado delirante. Choque cultural enobrecedor que deixou nossa capital ainda muito mais bem na fita em meu co...

16.1.2015

Saidinha, a menina

Deu descanso à minha rima

Bonita que é, fez o resto parecer qualquer

Fez até eu parecer que presto

E a menina parecer mulher

 

Saidinha, a namoradeira

Planta que garra e toma, sim,

a trepadeira

Aprendeu as minhas defesas

Minhas raízes não m...

3.12.2014

Volta e rega o teu seio

Curvo dum pálido rosado

Mesclado ao anseio da posse

Conforta e sacia meu palato

Que ferido fere ao alcance

E que à ferida fere ao acaso

 

 

 

12.11.2014

Ângulo reto?

Só no universo perpendicular

Notícias de lá?

Trago quando voltar

Virado na primeira reta

Divagando logo chego

A distância curta ninguém acerta

Entre os pontos das arestas guardo meu segredo

Um coração de brinquedo que se encaixa feito peça nas fres...

25.10.2014

A simplicidade da obra apresentada em sua forma mais sincera, o compositor e seu instrumento, materializam a canção à partir da fonte original. Em uma noite de músicas brasilienses, onde o artista será decomposto de maneira a deflagrar suas minúcias, Vavá Afiouni, cant...

30.9.2014

Topograficamente falando

A Terra me parece um grande plano

Que o ser humano

Meteu pelo cano

 

Suspendeu a chapada

Alisou a montanha

E, a cada cagada

Mas se aproxima da façanha

De acabar com a tamanha

Obra pelo tempo realizada

23.9.2014

Passo Largo convida Gaivota Naves

 

Que o Passo é instrumental é sabido, que é rock, também, que Gaivota canta um monte, ta na cara, que é rock feroz, ta no ar, e tudo junto como faz? Ta feito!

 

Quentinho, quentinho, sai o videoclipe em que Passo Largo e Gaivota Naves ras...

Please reload

Poesias, crônicas, textos, reclames e palavras para tudo

Please reload