25.2.2015

Me apresento às bundas, converso com os corações e me apaixono pelos intestinos...

 

16.1.2015

Saidinha, a menina

Deu descanso à minha rima

Bonita que é, fez o resto parecer qualquer

Fez até eu parecer que presto

E a menina parecer mulher

 

Saidinha, a namoradeira

Planta que garra e toma, sim,

a trepadeira

Aprendeu as minhas defesas

Minhas raízes não m...

3.12.2014

Volta e rega o teu seio

Curvo dum pálido rosado

Mesclado ao anseio da posse

Conforta e sacia meu palato

Que ferido fere ao alcance

E que à ferida fere ao acaso

 

 

 

12.11.2014

Ângulo reto?

Só no universo perpendicular

Notícias de lá?

Trago quando voltar

Virado na primeira reta

Divagando logo chego

A distância curta ninguém acerta

Entre os pontos das arestas guardo meu segredo

Um coração de brinquedo que se encaixa feito peça nas fres...

30.9.2014

Topograficamente falando

A Terra me parece um grande plano

Que o ser humano

Meteu pelo cano

 

Suspendeu a chapada

Alisou a montanha

E, a cada cagada

Mas se aproxima da façanha

De acabar com a tamanha

Obra pelo tempo realizada

6.9.2014

Nem lito, nem xilo,

Fui cardiogravurado

Infinito sombrio

Que quis ser mensurado

E restou por um fio

 

 

 

 

5.9.2014

Duas necessidades me impelem à arte

A de doar e a de receber

Inocente: - Não da pra receber de outra forma?

Culpado: - Hoje não, obrigado!

 

5.9.2014

Falavra
Pala
Dacabra 
Cadabra

 

27.8.2014

Minha vontade melhorada

É a de fingir tristeza

Pois viver em alegria

Cansa a minha beleza

 

 

4.8.2014

Artista é assim 
guarda a chuva embaixo dos olhos

e num pranto altruista

chora uma poesia otimista pra mim

Please reload

Poesias, crônicas, textos, reclames e palavras para tudo

Please reload