Ao Ignoto, minha salva

30.7.2014

Que és imprescindível

É irrefutável

Amor inexprimível

Ao tempo que execrável

 

É símil à ira

Excrucia, exculpa

E exculpe em face

Do intransigente

A inigualável ferida guia

Abcesso ogiva

De dor e alegria

 

 

Tags:

Please reload

Please reload