Saidinha

16.1.2015

Saidinha, a menina

Deu descanso à minha rima

Bonita que é, fez o resto parecer qualquer

Fez até eu parecer que presto

E a menina parecer mulher

 

Saidinha, a namoradeira

Planta que garra e toma, sim,

a trepadeira

Aprendeu as minhas defesas

Minhas raízes não mais presas

Logo eu, edáfico por natureza

Da namoradeira agora me esguio

Chovo então na trepadeira

Que é pra ver se onde me enfio

Dá mais rima às minhas besteiras

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags:

Please reload

Please reload